Deputado propõe convocação imediata de cadastro de reserva da PM do Maranhão

0
5

Na sessão plenária desta quarta-feira (19), o deputado Rildo Amaral (PP) propôs a convocação imediata dos candidatos do cadastro de reserva do concurso para a Polícia Militar do Maranhão realizado em 2017. O parlamentar destacou que aproximadamente 1.100 policiais militares do estado irão se aposentar por tempo de serviço neste ano de 2023, o que aumentará ainda mais as ameaças à segurança pública, especialmente nas escolas.

Para evitar uma possível escassez no contingente de militares nas ruas do estado, Rildo Amaral enfatizou a importância da convocação do efetivo de reserva do certame pela Polícia Militar. Ele apresentou sua proposta ao governador Carlos Brandão e ao secretário de Estado de Segurança Pública, Maurício Martins, ressaltando que é necessário o chamamento imediato dos 1.100 cadastrados na reserva.

O deputado salientou que a segurança pública no estado tem recebido investimentos contínuos, mas alertou que a saída dos policiais formados em 1993, que completam 30 anos de quartel no início de maio, deixará um déficit de mais de 1.100 policiais. Isso representa entre 10% e 12% do contingente estadual e acentua a necessidade da convocação dos candidatos do cadastro de reserva do concurso de 2017.

Rildo Amaral destacou que, além da convocação dos remanescentes do concurso de 2012, é essencial a realização de um novo certame para suprir as lacunas na Polícia Militar. Ele previu que, no próximo ano, os formados em 1994 e o contingente de barra 93 também deixarão vagas nas fileiras da corporação. Por fim, o deputado confiou que o governador Carlos Brandão tomará medidas rápidas para colocar nas ruas os policiais que já estão formados e aguardam a definição de seus locais de atuação no Comando-Geral.